A Queda dos Reinos | Morgan Rhodes

Surpreendente. Essa é a palavra que melhor expressa o meu sentimento sobre  A Queda dos Reinos. Confesso que ao vê-lo o julguei pela capa, que, para mim, lembra Assassin's Creed (um de meus jogos preferidos) então, logo me interessei por ele. Entretanto ao ler do que o livro se tratava comecei a desanimar, a história, apesar de interessante, parecia que se desenvolveria de forma superficial e repleta de clichês assim como tantos outros livros do gênero.

O livro se passa em um mundo fictício, no qual um continente, cercado pelo mar prateado, é dividido em três reinos: Auranos, Paelsia e Limeiros. Cada um dos reinos tem suas próprias características, sendo que Auranos é o mais rico e quente; Paelsia, a mais pobre e fria. Os reinos viveram em paz durante muitos anos, contudo entram em guerra devido a ganância de uns e o desejo de vingança de outros.

A história gira entorno de quatro personagens principais. Cleo, princesa de Auranos, que foi criada dentro de um castelo, cercada por luxos, embarca em uma perigosa missão para encontrar uma magia perdida. Jonas é um simples camponês de Paelsia, mas sedento por vingança, ele acaba se tornando um líder de uma revolução. Lucia é uma feiticeira que foi adotada, desde o nascimento, pelos rei e rainha de Limeiros, mas a princesa não sabia de nada sobre seu passado, e terá que aprender a lidar com seus poderes. O príncipe Magnus, irmão Lucia, cresceu tendo aulas para se tornar um rei e guerreiro, entretanto ele não esperava que seu coração poderia o enfraquecer. Essas são apenas as quatro personagens principais, existem muitas outras que contribuem para o desenrolar da história e todas elas são trabalhadas com a profundidade necessária.

Morgan Rhodes surpreende com uma história envolvente que lhe prende mais a cada página. A autora soube muito bem dividir os capítulos deixando, quase sempre, o leitor aflito sobre o que acontecerá nas páginas seguintes.

Apesar de ser uma Guerra dos Tronos simplificada e destinada para um público mais jovem do que o de Martin, A Queda dos Reinos é um ótimo livro, muito bem escrito, de leitura rápida, leve e intrigante. Vale a pena ser lido, só espero que a continuação seja tão boa quanto o primeiro livro.

Beatriz Marques

19 anos, estuda jornalismo. Gosta de muitas coisas e de tudo ao mesmo tempo. Leitora assídua, fangirl 24/7, cosplayer por diversão, orgulhosamente é da Grifinória, filha de Hades e whovian. Algumas das suas paixões são: sua guitarra (apelidada de Emily), cantar, séries, livros, animes, mangás, filmes, HQ's, música, shows e história.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

3 comentários:

  1. O livro parece mesmo ser uma historia que agente já ouviu, mas nunca perde a graça pois cada autor pode fazer pequenas diferenças que podem mudar todo o decorrer da historia.

    ResponderExcluir
  2. Essas coisas de reinos não é comigo, mas parece ser legal. Vou ler primeiro Guerra dos Tronos, que já tenho, depois verei se lerei esse.

    ResponderExcluir
  3. Já li várias e várias resenhas sobre esse livro, e a vontade de ler só aumenta!

    ResponderExcluir