Will Gallows | Derek Keilty

Will tem apenas quatorze anos e é meio elfo e meio humano, filho do xerife suplente de Minerópolis que foi assassinado pelo troll Noose Wormworx. Decidido a fazer justiça, Will e sua égua, Raio Lunar, irão até Fenda Mortal, onde o troll se esconde. 
O garoto se recusa a ser chamado de matador de aluguel, porque não é um assassino. Ele prefere mais o tipo caçador de recompensas. 
A primeira coisa que chama atenção em Will Gallows e o Troll Barriga de Serpente é como o autor soube mesclar os elementos de fantasia, faroeste e aventura. Apesar de gêneros distintos, a mistura se mostrou criativa e extremamente original.
A narrativa de Keilty é dinâmica e ágil, e sendo um livro relativamente curto, é possível lê-lo de uma só vez. O primeiro volume da série consegue introduzir tanto os personagens e o ambiente, quanto desenvolver a estória propriamente dita. As ilustrações feitas por Jonny Duddle são um diferencial da obra. 
Will Gallows e o Troll Barriga de Serpente é claramente um livro juvenil, tanto pela simplicidade dos personagens e da trama, quanto pela linguagem mais acessível. Apesar disso, admito que me surpreendi com algumas reviravoltas que a estória sofreu, sendo que os ganchos para a continuação da série se mostraram promissores. Este livro ainda é o primeiro da série, que tem como alvo o público juvenil. 

Alison Iared

20 anos, apaixonado por teatro desde pequeno. Cursa o segundo ano de Engenharia de Produção. Gosta muito de filmes e séries sobre heróis, ficção, aventura, desenho e comédia. Eclético para livro e música. Gosta de desafios e é muito teimoso. Tem a paciência do tamanho de uma noz para coisas que não são do seu interesse. Sempre quis ser o Power Ranger vermelho.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

1 comentários:

  1. *----------* EU QUERO, adorei a resenha e gostei bastante dessa mistura, adorei a capa. Quero mesmo esse livro!

    ResponderExcluir