Os 5 melhores livros da Darkside

Todo mundo já sabe que a Darkside Books vem ganhando muuuuuito espaço no universo da literatura republicando clássicos e lançando novas promessas, isso é fato.
Não só em questão da história dos livros, mas toda diagramação, capa, lombada e até mesmo as páginas dos livros tem sido lançada de forma tão minuciosa e incrível que se torna praticamente impossível de se resistir a uma belezura dessas.
Dessa vez, decidi trazer a vocês os 5 melhores livros (que eu li) da editora. Sem mais delongas, bora lá!

The Game #1
Quando olhava para a capa desse livro, imaginava como se essa capa tivesse sido feita para o próprio filme do livro, o que não acho algo muito bom, mas ainda assim o livro me instigava. Com uma leitura super rápida e impactante, a história se passa por HP e Rebecca.
HP tem 30 e poucos anos, não tem emprego fixo nem muitos amigos, e vive a vida tentando aproveitar qualquer oportunidade de “se dar bem”. Ele encontra um celular perdido e, já pensando em fazer dinheiro com ele, o embolsa. Mas ele é contatado através do aparelho por uma pessoa misteriosa que simplesmente se intitula Mestre do Jogo, e o convida para o tal jogo: se ele fizer as missões propostas, ganha dinheiro por elas. Inicialmente as missões consistem em roubar um guarda-chuva, pichar a porta de um desconhecido, mas rapidamente elas ficam mais perigosas, envolvendo até acidentes. É quando HP decide se afastar, e percebe que não será tão simples assim.
Do outro lado temos Rebecca, uma jovem policial que tenta se provar como segurança pessoal. Um grave trauma do seu passado ajudou a definir quem ela é hoje e quem nunca mais quer ser. Sua trama e a de HP acabam surpreendentemente envolvidas.
Coloquei o livro entre os melhores pelo simples fato de que: eu nunca li nada parecido com isso! 

Prince of Thorns 
O primeiro livro da trilogia dos espinhos foi meu primeiro livro da Darkside na estante. Tenho um amor e carinho excepcionais por ele. Em 2014 fiz uma resenha sobre o livro aqui mesmo, então se você quiser ver algo mais completo, vale a pena clicar! 
Com apenas quatorze anos, temos o anti-herói Princípe Jorg correndo em busca do trono de seu pai. Aparentemente, Jorg tem o rosto todo deformado por conta de uma roseira brava, na qual o pequeno rapaz teve que se esconder quando criança e viu sua mãe e irmão serem brutalmente assassinados por guerreiros do próprio pai. 
Tudo o que Jorg busca é vingança, e ele não vai parar até conseguir o que quer. 
Gosto muito desse livro e dos outros da saga. Aconselho a qualquer pessoa que esteja procurando por uma história puxada mais para o lado medieval. 

Golem & O Gênio
Fala a verdade, só pela capa já da vontade de levar esse livro para casa, não? 
E como se não bastasse a capa incrível, o livro trás uma história tão fenomenal quanto!
"Considerado uma fábula moderna, temos as criaturas mágicas do contexto atual, ou seja, uma espécie de mitologia de antigas culturas. O grande "up" que me deixou muito animado com o começo do livro foi justamente notar que a autora fazia um trabalho perfeito, misturando essas criaturas com a sociedade, tudo de uma forma tão sincera que me fez realmente pensar que eu fazia parte do livro, como se tudo aquilo existisse." (...)
Tirei esse trecho da própria resenha que fiz do livro, porque acho que explicou muito do que eu queria dizer. É absolutamente sensacionaaaaaaal.


O Demonologista
Se você me conhece, sabe que esse é meu livro favorito de todos na minha prateleira. 
Apesar de não conseguir expressar tudo o que ele me passou em muitas palavras, posso afirmar que o livro é fantástico. 
Andrew Piper arrebentou com a escrita do livro, criando um personagem totalmente ateu para ser aquele que veria os piores demônios de perto. A criação da narrativa pode fazer com que sua mente fique um pouco confusa principalmente porque o protagonista da história está daquela mesma maneira. David, um professor que entende tudo sobre a Bíblia e demônios, um completo ateu, aquele que consegue ver, sentir e conversar com demônios. 
Se quiser saber sobre a história completa (sem spoiler), é só clicar aqui


Psicose
O primeiro livro que li voltado ao mundo dark também foi meu primeiro livro lido pela editora. 
Me apeguei tanto a Psicose que matei o livro em um único dia. Até então eu não havia assistido ao filme, então tudo foi uma surpresa em tanto para mim. 
Algo estranho está acontecendo no Bates Motel, um hotel cuidado por um homem chamado Norman Bates. Aparentemente o hotel está totalmente fora da via por onde os carros passam, e aqueles que acabam errando o caminho são obrigados a parar no hotel, principalmente por conta do cansaço e a procura de um lugar para descansar. Mas a pergunta que fica é: será que todos aqueles que entram no hotel conseguem sair de lá? 


Se eu pudesse escolher mais livros para colocar de "melhores" eu colocaria sem dúvida alguma. Mas por hora posso afirmar uma coisa: cada um deles vale muito a pena ser lido. 

Alison Iared

20 anos, apaixonado por teatro desde pequeno. Cursa o segundo ano de Engenharia de Produção. Gosta muito de filmes e séries sobre heróis, ficção, aventura, desenho e comédia. Eclético para livro e música. Gosta de desafios e é muito teimoso. Tem a paciência do tamanho de uma noz para coisas que não são do seu interesse. Sempre quis ser o Power Ranger vermelho.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário