A Lenda de Korra | Nickelodeon


Livro 1 - Ar
Setenta anos após Aang derrotar líder da nação do fogo, Ozai, temos a volta da Saga Avatar, só que dessa vez tendo como protagonista a sucessora de Aang, Korra. Korra é uma menina originalmente dobradora de água e desde pequena já consegue dominar três dos quatro elementos, água, fogo e terra, porém por conta da escassez de dobradores de ar e sua paciência do tamanho de uma ervilha, Korra não consegue dobrar o Ar tão facilmente. Korra vai então para a Cidade República, criada por Aang durante seus anos. Nessa cidade ela conhece Mako e Bolin, e acabam juntos formando o time dos Furões de Fogo. É comum a formação de times na cidade República, onde existem competições de dobras entre os participantes. É cativante e muito interessante a ideia desse tipo de torneio na cidade república, vendo como uma espécie de "Pão e Circo" para toda a população. O problema é que a cidade começa a entrar em desequilíbrio por conta dos dobradores e não dobradores, essa diferença na sociedade acaba por iniciar uma guerra civil onde um revolucionário chamado Aamon prega a retirada das dobras de todos dobradores. E é aí que Korra entra em ação. Ela precisa dar um basta nessa revolução, mas infelizmente a nova Avatar não tem lá muitos créditos com a população.
Achei muito interessante a ideia de existir uma continuação para a antiga saga de Avatar. A história é cativante e realmente me prendeu muito. Foi produzida tendo os animes japoneses como base, mas criado por americanos. Eles souberam muito bem usar as duas culturas e inclusive a Chinesa para criar esse novo Avatar!

Livro 2 - Espíritos
Dessa vez Korra aparece dominando um pouco do elemento ar e namorando com Mako, o grande dobrador de fogo agora faz parte da guarda civil da cidade República. O mundo já não está totalmente equilibrado, por causa do grande avanço das tecnologias e afins, o mundo mais “natural” está sendo colocado de lado, desencadeando uma certa revolta por parte dos espíritos, que são conhecidos por serem guardiões da natureza. Korra já está enjoada e impaciente por não aprender totalmente a dobra de ar e decide ajudar seu tio Unalaq a restaurar a paz entre os dois mundos. E é a partir daí que a história começa a ficar muito interessante. Tenzin, o filho de Aang e dobrador de ar era o tutor de Korra até ela escolher Unalaq. Isso faz com que Tenzin e sua família saiam de férias, local nada mais, nada menos do que os antigos templos do ar. Os cuidados com os espíritos terão de ser redobrados, pois eles são realmente fortes.
O inicio e a forma como cada personagem toma um rumo incerto deixam a história bastante empolgante. Sem que você perceba, cada história vai se ligando com a outra e isso realmente me satisfez nesse segundo livro. Espero que o terceiro também surpreenda muito!


Alison Iared

20 anos, apaixonado por teatro desde pequeno. Cursa o segundo ano de Engenharia de Produção. Gosta muito de filmes e séries sobre heróis, ficção, aventura, desenho e comédia. Eclético para livro e música. Gosta de desafios e é muito teimoso. Tem a paciência do tamanho de uma noz para coisas que não são do seu interesse. Sempre quis ser o Power Ranger vermelho.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

2 comentários:

  1. A lenda de Korra é um dos poucos desenhos que eu ainda paro para assistir, é muito boa. Não é tão divertida quanto a Lenda de Aang, mas acho ela bem mais madura, parece que os criadores levaram em consideração que o publico de A Lenda de Aang cresceu. Ah e uma curiosidade é que segundo a revista Forbes, A Lenda de Korra, revolucionou a industria televisiva, como a primeira serie animada de drama do mundo.

    Abraços
    http://des-construindooverbo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Desde "A lenda de Aang", eu sou fascinado pelo desenho. Mas mesmo gostanto bastante, acho que não chega nem perto de alcançar o sucesso ( e a bela trama ), de "A lenda de Aang". Acho que um dos principais defeitos de A lenda de Korra, é que eu não consigo gostar dos personagens, me apegar a eles, como fazia no antecessor. Sem que contar que Katara e Aang era um casal bem melhor que o atual.
    Abraços!

    ResponderExcluir