Maximum Ride: Projeto Angel | James Patterson

Maximum Ride (Max) tem 14 anos e possui asas de pássaro, assim como sua “família”: Fang, Iggy, Nudge, Gasman e Angel. Cada um deles tem um outro poder, o que os diferencia. Todos eles viveram na mesma “Escola” durante a infância, sendo constantemente estudados por “homens de jaleco” (cientistas), até que conseguiram fugir com a ajuda de Jeb, que arranjou um lugar para eles morarem.
Algum tempo depois, a vida deles muda drasticamente (de novo!) quando Angel, a caçula, é raptada por Apagadores (homens-lobo). Fang, Nudge e Max saem para resgatá-la, enquanto Iggy e Gasman ficam em casa explodindo e incendiando os Apagadores que voltaram para raptar o resto do bando. É claro que a história não gira somente em torno do resgate da Angel, na verdade muitas coisas acontecem paralelamente e depois disso.

Os personagens de Projeto Angel são bem construídos, cada um deles tem personalidade diferente, meus preferidos foram o Iggy e o Gasman. Os dois se dão muito bem, Iggy é um menino sincero e direto, nada sensível, além de ele ser cego, mas isso não o impede de fazer tudo que os outros fazem, ele também é bom em cozinhar, mexer com fogo, abrir portas trancadas e descobrir senhas bancárias. Gasman é um irmão super protetor (só ele e Angel são irmãos de sangue), que se esforçou bastante para salvá-la, Gazzy também tem habilidade em imitar com perfeição a voz de qualquer pessoa.

Max, a líder do bando, tem um ego enorme, é muito mandona e durona, mas por dentro é cheia de dúvidas, dores e preocupações. Não sei ainda o que eu achei da Max, por ser mandona ela me irritou de vez em quando, mas depois de tudo que passou, comecei a entender mais a personagem. Não acho que Max tenha evoluído, acho apenas que ela tenha começado a enxergar as coisas de um jeito diferente e mudado suas opiniões em alguns aspectos, o problema é que ela tenta ser perfeita: a líder perfeita, a irmã perfeita, a amiga perfeita e acho que isso é muita responsabilidade para uma menina de 14 anos.

A narrativa é excelente, não é pesada, consegui ler muitas páginas por dia sem cansar, a estratégia de James Patterson para esse livro, foi trazer os capítulos são mega curtos, com em média duas páginas por capítulo, fazendo com que a leitura se torne mais rápida ainda!

Alison Iared

20 anos, apaixonado por teatro desde pequeno. Cursa o segundo ano de Engenharia de Produção. Gosta muito de filmes e séries sobre heróis, ficção, aventura, desenho e comédia. Eclético para livro e música. Gosta de desafios e é muito teimoso. Tem a paciência do tamanho de uma noz para coisas que não são do seu interesse. Sempre quis ser o Power Ranger vermelho.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

6 comentários:

  1. O feedback foi ótimo! A história me parece muito boa e cheia de mistérios.
    Depois de ler a resenha fui logo dar uma olhada lá no Skoob e adorei. Acho muito bom esses livros cheios de mistérios. Quero muito ler, e até já coloquei nos meu desejados <3. Ficou muito boa a resenha Alison, deu para explicar tudo certinho hahuahua Me apaixonei já pelas primeiras palavras haha.

    ResponderExcluir
  2. É do James Patterson!? :o

    A história parece muito boa! Cheia de ação e o modo como você falou de cada um dos personagens me deixou curioso *-*

    Espero que os capítulos não sejam como os de Bruxos e Bruxas (falta descrição), pois o livro já está na listinha! :3

    ResponderExcluir
  3. Algumas resenhas são chatas (por serem de não ficção), mas essa eu gostei. Tem um cego, uma pessoa protetora e alguém para amar/odiar. É meu tipo de livro. Mas, tem Reiniciados, Por Lugares Incríveis, Mentiras, (um com nome difícil) e A Herdeira... Vai ser uma tiradinha ali, uma tiradinha aqui, só vou poder sair da livraria com 3 Livros, vai ser como um Big Brother.

    ResponderExcluir
  4. Definitivamente, assim que vi esse livro pela primeira vez eu ja amei logo de cara por sua capa que eu achei linda e esse título que me deixou curioso, mas não, eu não quis ir atrás de nenhuma sinopse ou resenha no dia, porq sim, eu estava apaixonado por esse livro e ja queria o ler e ter minhas surpresas. Eu não li ainda, mas agr vendo essa resenha, mds, eu to mais curioso ainda pra ler esse livro, sei la, é uma história que acabou me chamando atenção agora, eu to muito afim de ler esse livro e acho que nao vou me decepcionar.
    #Igu

    ResponderExcluir
  5. Se tem um livro que não me interessa em nada é esse, já ouvi maravilhas dele, mas não consigo gostar. Nem me interessar. Adoro o James, mas esse dispenso.

    ResponderExcluir
  6. Esses livros com o selo #irado já me chamam atenção, eu adoro esses livros com a pegada mais infanto-juvenil! Adorei a sinopse/resenha desse livro, vou colocá-lo na minha lista.

    ResponderExcluir