Livro: Naomi & Ely e a Lista do Não Beijo, de David Levithan e Rachel Cohn

Antes de mostrar para você a resenha, devo admitir uma coisa: não sou tão chegado nesse tipo de leitura e esse foi o primeiro livro do David Levithan que li.
Depois desse pequeno desabado, podemos dar início ao que realmente importa, certo?

O livro conta a história de Naomi, uma garota que é apaixonada por seu melhor amigo - e gay - Ely. Eles têm a Lista do Não Beijo, onde colocam todas as pessoas que eles estão proibidos de beijar. Tudo segue muito bem até Ely confessar a Naomi que beijou o namorado dela. E a partir daí, os dois entram em guerra, levando todos do prédio em que moram junto nesse conflito. Ah, e eu achei bem legal o lugar onde eles moram também! Lá você encontra os apaixonados pela Naomi, as fofoqueiras de plantão, o porteiro que as "mina" pira, etc. E lendo no site da Rachel Cohn descobri que esse prédio realmente existe, e que a inspirou para escrever Naomi & Ely e a Lista do Não Beijo.

Tem horas no livro que você realmente quer bater a cabeça da Naomi na parede para ver se ela acorda pra vida. Ela insiste em nutrir uma paixão por Ely, mesmo ele dando todos os motivos possíveis para que ela se afaste, para que caia na real que entre os dois nada vai acontecer, porém... Infelizmente na prática não é o que acontece.


A leitura é rápida e a linguagem bastante simples, onde cada capítulo se passa em cada personagem, narrado em terceira pessoa. O livro é divertido, apesar de eu não conseguir dar nota máxima, por conta do tempo que levei pra ler, afinal, eu quase não leio livros desse gênero. Mas vale muito a pena conhecer a história dos dois e o desfecho da trama, sem deixar de notar que a capa é sensacional, né?


Alison Iared

20 anos, apaixonado por teatro desde pequeno. Cursa o segundo ano de Engenharia de Produção. Gosta muito de filmes e séries sobre heróis, ficção, aventura, desenho e comédia. Eclético para livro e música. Gosta de desafios e é muito teimoso. Tem a paciência do tamanho de uma noz para coisas que não são do seu interesse. Sempre quis ser o Power Ranger vermelho.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário