Livro: Social Killers, de RJ Parker e JJ Slate

Desde que comecei a assistir alguns seriados que envolvem o tão temido nome "serial killer", me senti intrigado a procurar mais e mais sobre o assunto. A vontade de compreender a mente humana era muito grande, e a de saber o porquê esses assassinos matavam era ainda maior.
Então a Darkside Books vem com o lançamento de Social Killers.com e de repente... BOOM. Era exatamente o que eu estava procurando. 

Entretanto, o tema mudou um pouco, como você pôde perceber na diferença do nome "serial" para "social". 
O livro tem como base 30 histórias chocantes de verdadeiros seriais killers da internet. E se você sempre achou que a internet é um lugar seguro para se compartilhar e conhecer quem quiser, está muito enganado. 

As três primeiras histórias do livro - que são reais - tem como base o início de tudo. Os primeiros acontecimentos verídicos e surpreendentes de seriais killers antes da internet. A introdução foi fantástica e arrepia até os ossos de tão chocante. 

Em seguida, voltamos para o mundo da internet e vemos casos terríveis de canibalismo, assassinato, suicídio e muitos outros. 
Depois de ler todas as histórias, a moral que o livro passa é a grande questão: será que realmente sabemos como são as pessoas que só conhecemos pela internet? 

Com essa pergunta no ar, deixo minha mais sincera opinião sobre o livro. 
Me surpreendi muito com as histórias, mesmo algumas não sendo tão assustadoras, elas mostram que nossas atitudes podem ir muito além da capacidade de ética social que nós colocamos na sociedade. 
A capa e a edição do livro, como sempre, estão impecáveis. Sou um grande admirador da editora pelo ótimo trabalho que fazem com os livros, sem deixar escapar um detalhe sequer. 

Mas e você, realmente sabe como são as pessoas que conheceu no mundo virtual?

Alison Iared

20 anos, apaixonado por teatro desde pequeno. Cursa o segundo ano de Engenharia de Produção. Gosta muito de filmes e séries sobre heróis, ficção, aventura, desenho e comédia. Eclético para livro e música. Gosta de desafios e é muito teimoso. Tem a paciência do tamanho de uma noz para coisas que não são do seu interesse. Sempre quis ser o Power Ranger vermelho.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário