O Menino Que Desenhava Monstros: as assustadoras criaturas de Jack

O Menino Que Desenhava Monstros é um dos lançamentos da Dark Side pelo qual eu mais ansiava. Havia lido diversas críticas da obra de Donohue e todas falavam maravilhas desse livro e não me decepcionei. 

A obra conta a história de Jack, um menino que vive com sua família em uma ilha de poucas casas, grande parte delas são de veraneio. O menino de quase 11 anos tem um comportamento estranho reagindo violentamente ao toque e não saindo de casa. 

Jack tem apenas um amigo, Nick, que mora na mesma ilha, há poucos quilômetros de sua casa. Além disso, o estranho garoto adquiriu um hábito curioso nos últimos dias, desenhar monstros. Apesar de todos acreditarem que o garoto está exercendo a sua imaginação, essas criaturas podem estar mais perto do que imaginam. 

O autor escreve a história de um modo que chega a lembrar dos livros góticos clássicos, com seus ambientes macabros e longas descrições. Donohue utiliza-se de uma narrativa lenta e detalhada contando a história em terceira pessoa e passeando pela cabeça das personagens. 

Abusando dos grandes e prolongados parágrafos, das metáforas incomuns, contudo aquedadas, e associações o autor cria a ambientação perfeita para o sombria história.  

Aliás, sabe quando alguém te indica um livro e fala "ow não lê ele de noite da muito medo", mas na verdade a pessoas só está exagerando? Pois então, agora leve esse conselho a sério. Nem pense em chegar perto desse obra durante a noite MUITO MENOS NO SEU QUARTO ESCURO.


Beatriz Marques

19 anos, estuda jornalismo. Gosta de muitas coisas e de tudo ao mesmo tempo. Leitora assídua, fangirl 24/7, cosplayer por diversão, orgulhosamente é da Grifinória, filha de Hades e whovian. Algumas das suas paixões são: sua guitarra (apelidada de Emily), cantar, séries, livros, animes, mangás, filmes, HQ's, música, shows e história.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário