O Reino Secredo de Todd | Louise Galveston

Quero começar a resenha falando um pouco da selo #IRADO, da Novo Conceito. Todos os livros infantis e infanto-juvenil do selo estão vindo com capa dura e com detalhes sensacionais nas páginas. 

O Reino Secreto de Todd não poderia ser diferente. Os detalhes do acabamento da edição e até mesmo ao olhar dentro do livro, te da um gás maior para lê-lo, independente do tamanho da sua curiosidade quanto ao livro. 


Todd é um rapaz um tanto relaxado e esquecido com suas coisas. A história começa com Todd fazendo um funeral para seu caranguejo, Leonardo da Pinchy. o único bicho de estimação que Todd já teve e que ele se esqueceu completamente de alimentar e os outros cuidados básicos que o bicho precisava. Com isso, a mãe de Todd decide colocar um ponto final em toda aquela vida bagunçada de Todd.

Ela exige que o rapaz arrume seu quarto até o final da tarde. Para o garoto não há nada de errado com seu quarto ou com a bagunça, Todd realmente não se importa com tudo isso. É como se aquele fedor de chulé fosse parte do seu quarto. 

Tudo acontece quando Todd vai arrumar debaixo de sua cama. Ele vê uma espécie de faísca saindo por de dentro dela. Assustado, ele procura pegar uma das meias para poder ver o que realmente estava acontecendo. A amiga de Todd, Lucy, resolve ajudá-lo com aquilo tudo. Através de um microscópio Todd descobre que seu chulé deu vida a uma nova espécie. 

Junte esse monte de lixo que iniciou uma civilização, com um trabalho de ciências e o vilão da história descobrindo o segredo de Todd e terá uma ideia do tamanho da aventura que há nessas páginas. Cada um tem um  ponto de vista sobre a nova civilização.

Sem dúvidas há muita criatividade por parte da autora. A história é infantil e eu estava ciente disso quando peguei-o para ler. Não é muito meu gênero, já que peguei gosto por livros mais "adultos", mas de qualquer forma, penso o quão uma criança ou adolescente que gosta desse tipo de leitura vai gostar desse livro. É tudo muito bom e a #IRADO está de parabéns. 

Alison Iared

20 anos, apaixonado por teatro desde pequeno. Cursa o segundo ano de Engenharia de Produção. Gosta muito de filmes e séries sobre heróis, ficção, aventura, desenho e comédia. Eclético para livro e música. Gosta de desafios e é muito teimoso. Tem a paciência do tamanho de uma noz para coisas que não são do seu interesse. Sempre quis ser o Power Ranger vermelho.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

9 comentários:

  1. kkkkk, engraçada a resenha. Achei que era um livro de mistério, já pelo título 'O segredo..." , mas mesmo assim, a história parece ser legal, apesar de não gostar muito desse gênero também... Ah, e essa capa com detalhes preto e branco ta muito bnita.. :D

    ResponderExcluir
  2. Adorei saber que todos os livros do selo #IRADO eram de capa dura, isso me deixou bem animado! Eu gostei da capa, mas do conteúdo não tanto. Eu até que leria, mesmo não fazendo o meu estilo de leitura, pois sempre é bom conhecer novas histórias! ;)

    ResponderExcluir
  3. me encantei pela capa realmente muito bonita mas nao fiquei com vontade nenhuma de ler, quem sabe um outro livro XD

    ResponderExcluir
  4. Hahahha. Achei a ideia bem engraçada!!! Kkkk ja passei da idade de livros infantis mas esse me chamou a atenção hahahha

    ResponderExcluir
  5. A capa é bonita e a historia é engraçada. Não existe idade para livros de crianças.

    ResponderExcluir
  6. Ai, adoro o selo #irado! Amei a resenha desse livro! Agora quero ele, se alguém quiser me dar aceito! haha

    ResponderExcluir
  7. #irado <3
    Eu adoro ler livros infantis/infanto-juvenil, são bem fofos e engraçados! Esse tem a capa muito bonita(capa dura <3) e a história bem criativa!

    ResponderExcluir
  8. Oi Ali,
    Não tenho nenhum livro com o selo irado, mas fiquei bastante curiosa para comprar este livro. Capa dura é perfeita <3
    E como você disse que por dentro também é bom.. Mais um pra listinha!
    Beijos!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Ah, como eu amo histórias infantis! São ótimas pra curar a ressaca literária, já que são leves. E o fato do Todd ter um "mundo" debaixo da cama, me faz lembrar quando eu era criança. Eu tinha mania de jogar toda a bagunça embaixo da cama, só pra ver se um mundo ia se criar ali debaixo... O que não aconteceu. Ainda bem.

    ResponderExcluir